COMO EVITAR O RESSECAMENTO DA PELE NO INVERNO?

COMO EVITAR O RESSECAMENTO DA PELE NO INVERNO?

Com as baixas temperaturas e umidade do ar, banhos quentes são grandes vilões do inverno. Conheça alguns cuidados que ajudam a passar por essa época com a pele mais saudável

Quando chega o inverno é comum: temperaturas baixas, banhos mais quentes e aí pele ressecada. Essa sensação acontece porque os banhos mais quentes reduzem a quantidade de oleosidade natural da pele, diminuindo, assim, a umidade. É comum, então, queixas de pacientes com a pele mais esbranquiçada, áspera ou uma sensação que está muito seca.

Algumas doenças também podem acometer a pele como: dermatite seborreica, atópica, psoríase e a ictiose. Em todos os casos, é muito importante procurar um dermatologista para acompanhamento e solução adequada. Nunca utilize de pomadas ou cremes sem orientação.

“Para evitar os sintomas dessa estação do ano é muito importante beber bastante água, ter uma alimentação rica em vitaminas e utilizar hidratantes”, explicou Dra. Gisele Rocha. E ela ressalta: “É preciso lembrar também de utilizar protetor solar. Apesar da sensação solar ser mais branda, o cuidado com a pele é o mesmo. E se o paciente perceber algo diferente é primordial procurar um médico, para orientações sobre os cuidados corretos”.

Dicas para cuidar da pele no inverno

Na entrevista com a Dra. Gisele Rocha, separamos algumas dicas que ajudam a cuidar da pele. Confira:

  • Beba bastante água – em média dois litros por dia.
  • Evite banhos quentes muito demorados.
  • Use o hidratante de acordo com as orientações do médico dermatologista.
  • Utilize protetor solar diariamente.
  • E em casos de ressecamento labial e facial é preciso procurar hidratantes específicos para a região.